BBAS3 – Análise 04/05/2012

Ao término da semana, BBAS3 parece estar ampliando os contornos da LTA principal e da LTB secundária, atingindo a mínima de R$ 22,32 e máxima de R$ 23,69. A formação de outro fundo praticamente no mesmo nível de ontem (R$ 22,34), juntamente com o Índice de Força Relativa, agora aos 26.78 pontos, podem sinalizar um esgotamento da baixa de curto prazo ou, pelo menos, uma perda de força da tendência.

Os indicadores fundamentalistas mostram que o valor de mercado da empresa está 7% acima do valor patrimonial por ação. É o menor percentual, em comparação com os resultados dos últimos trimestres e também com relação aos outros três maiores bancos do país (Bradesco, Itaú e Santander).

Com relação à média dos trimestres, o índice aplicado ao Banco do Brasil apresentou o maior deslocamento, de 29%. Seguido por Santander 27%, Bradesco 23% e Itaú 7%. (Veja o comparativo entre os gráficos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.