Análise do BTCUSD de 16/02/2019: Pull back na média de Bollinger

Após formar uma Cunha de Baixa com implicações altistas, como pode ser visto em análise anterior aqui, o BTCUSD (bitcoin/dólar) respeitou a banda superior de Bollinger e se aproximou da média, em movimento de correção. Aparentemente, está tentando “reunir força” compradora para um possível pull back a partir dessa média.

Esse parece um ponto interessante de entrada ou de aumento de exposição com a possibilidade de um stop curto na perda de 3533 USD ou abaixo da média de Bollinger. Seria um movimento de compra mais arrojado, aguardando pela confirmação da alta com o rompimento da banda superior de Bollinger e da resistência imediata em US$ 3728. Os mais conservadores podem aguardar esses rompimentos antes de se posicionarem.

Lembrando que o objetivo da cunha anterior ainda se encontra válido, próximo da região dos 4150-4200 USD. Após atingir esse objetivo, o próximo é se aproximar da média móvel aritmética de 200 períodos (MA200), que vem sendo respeitada desde março de 2018.

Faço um alerta sobre este estudo gráfico, pois ele representa apenas a minha opinião, conforme Disclaimer aqui publicado, ao observar os recentes movimentos do BTCUSD. Não faço recomendações de compra, manutenção ou venda. Isso cabe apenas aos analistas certificados pela Apimec. Decida por fazer quaisquer dessas operações por sua própria conta e risco e saiba que eu posso estar posicionado nesse ativo.

Segue abaixo a imagem do gráfico estudado:


Marcos Nonaka é graduado em Controladoria e Finanças pela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG, investidor entusiasta desde 2002 no mercado financeiro e autor de artigos de educação e conhecimento sobre finanças.

www.twitter.com/marcosnonaka twitter logo 35x35

Clique aqui para participar dos grupos sobre finanças no WhatsApp whatsapp logo 40x40 e no Telegram telegram logo 35x35.

C&F logo chanfrado 35x35Saiba aqui em que acreditamos

Saiba mais sobre este site (Disclaimer)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.